Cinema Cursos e Palestras Exposições Eventos Diversos Cineclube Festas Música Teatro
Aonde Vamos
Aconteceu
Aonde VamosTV(video)
Arquitetura
Beleza
Bem-Estar
Ciência & Tecnologia
Cultura
Educação
Entrevistas
Esporte
Esporte Já(video)
Eventos
Gastronomia
Lazer
Moda
Negócios
Opinião
Promoção
Saúde
Serviços
Turismo
História
Contato
Fórum
Cadastre-se

Cabelos Lisos, porém saudáveis
 




Cabelos Lisos, porém saudáveis

Anderson Marques e Waldo orientam sobre as escovas progressivas



Pensando na mulher moderna, que procura saber das novidades no rumo de cosméticos e cabelos, procuramos alguns profissionais do ramo que atuam com muita experiência há muitos anos em São Carlos, para obter informações sobre os novos processos em prol cabelos lisos e saudáveis.

Uma das novidades no mercado de escovas progressivas e definitivas e o Fotum Hair Uom.

Segundo o cabeleireiro Anderson Marques, o processo pode ser feito em cabelos loiros, com mechas, o que não era possível com os métodos disponíveis no mercado, além dos naturais.
Essa flexibilidade em poder ser utilizado em todos os tipos de cabelos se dá em função do processo químico que ocorre, já que não se altera 100% do fio, e desse modo, ele não é danificado. O resultado é um cabelo definitivamente liso.

O produto foi desenvolvido por um professor da Universidade Federal de São Carlos.

De acordo com os profissionais, os cabelos loiros, descoloridos, ou com mechas não poderiam passar por um processo químico que altera profundamente a estrutura do fio, já que o fio já passou por este processo quando descolorido e sua estrutura já foi alterada. As conseqüências em utilizar um processo de alisamento no fio seriam o ressecamento, a quebra, ou ate mesmo a queda dos cabelos.

Por isso, com este novo processo as loiras já podem ter seu cabelo liso, e sem medo.
Quando questionado sobre os outros processos possíveis para alisamento dos fios, o profissional Anderson Marques afirmou que há diversas formas além da já citada, mas que dependem do que a cliente deseja e do tipo de cabelo que possui.

Um desses tipos é a Defrisagem ou Escova Francesa. Este processo é feito em clientes que querem um cabelo 100% liso. No entanto, só pode ser feito em cabelos naturais ou coloridos, nunca em cabelos descoloridos ou com mechas. Esta exceção se dá pois o processo altera em 100% a estrutura do fio, diferentemente do processo citado acima.

Outro método muito utilizado corresponde  às Escovas Progressivas. Estas não têm restrições quanto aos tipos de cabelos, isto é, qualquer cabelo pode passar pelo tratamento. No entanto, não é um alisamento definitivo, dura por um período de 3 a 4 meses dependendo do tipo de cabelo.

O profissional afirmou que utiliza a quantidade de formol aceita pelo Ministério da Saúde, ou seja, 0,2%, e que é suficiente para obter ótimos resultados sem prejudicar a saúde das clientes. O estigma sobre as Progressivas com formol se deu em função de maus usos de profissionais que utilizavam grandes quantidades de formol (além do permitido), ou até mesmo compravam formol e acrescentavam-no em produtos, colocando em risco não só os cabelos, mas também o bem estar e saúde das clientes que buscavam essa tecnologia.

O resultado dessa irresponsabilidade eram alopecias, queda dos cabelos, descamações no couro cabeludo ou outros graves incidentes.

Anderson afirma que quando utilizado o permitido, estes problemas não ocorrem, e além disso, não ressecam o cabelo. Pelo contrário: segundo ele, as escovas progressivas têm o caráter de alisar o fio e hidratá-lo. Ele explica que o fio do cabelo possui escamas, e que o dia-a-dia, a poluição, a água e o sol são agentes para ressecar essas escamas e abri-las. Com a Escova Progressiva, o formol age fechando as escamas e conferindo maior maciez com hidratação, e impossibilitando que por um período de 3 a 4 meses esse fio seja resistente aos agentes agressivos como água, sol, etc.

Outro profissional renomado procurado por nossa redação foi Waldo, especialista com experiência de mais de 20 anos e com muitos cursos no exterior. Ele explica que “um dos processos que mais utilizo, em clientes que procuram cabelos mais lisos e com menos volume, é a Escova Progressiva X-Tenso da L’Oréal.” Este produto, segundo ele, não possui formol. A durabilidade do processo é de 7 a 8 meses, mas depende do tipo de cabelo e do comprimento do mesmo.

Outro método utilizado em seu salão é a Escova de Chocolate, que é chamada de Progressiva, mas na verdade é um selante. O selante age hidratando e tirando o volume dos cabelos; assim, o resultado é um cabelo com menos volume e conseqüentemente mais liso.
A durabilidade é de 2 a 3 meses. As escovas de Leite, Morango, etc. que foram lançadas têm a mesma função.

Waldo afirma que este processo, quando colocado em cabelos muito resistentes, enrolados ou grossos, não obtêm o resultado de um cabelo liso, somente com cabelos menos volume. Em cabelos finos ou pouco volumosos, o resultado é mais satisfatório se o desejo é alisamento.

Waldo indica a Progressiva X-Tenso para cabelos muito enrolados ou volumosos.

Ambos os profissionais afirmaram que para saber o melhor processo para o resultado esperado, seja perda de volume ou alisamento, é somente possível com uma ida ao salão para que o profissional analise o tipo de cabelo de cada cliente e o melhor tipo de produto a ser utilizado.

foto 1: Waldo é profissional com mais de 20 anos de experiência, com diversos cursos nos EUA, França e outros países.

foto 2: Anderson Marques é cabeleireiro no Instituto La Maison, e especializado em química, com cursos de aperfeiçoamento na L’oreal.

Foto abertura: L'Oréal de Paris - musas de campanhas de produtos das marcas L'Oréal de Paris, Colorama e Garnier.

Foto








Os artigos assinados ou enviados por colaboradores são de sua inteira responsabilidade, não correspondendo necessariamente à opinião do Portal Aonde Vamos.


PUBLICIDADE